TENDÊNCIA NA PUBLICIDADE DIGITAL 2021!

Por - 10:04






O report da WGSN e RTB House identificou algumas tendências para a publicidade digital nesse universo "pós pandemia".
Algo interessante que foi mencionado pelo diretor de Desenvolvimento de Negócios da RTB House André Dylewski é que "O consumidor é cada vez mais digital e exigente, com um olhar crítico para questões como valores de marca, privacidade e segurança. No campo técnico, seja sob o aspecto de tecnologia ou de experiência, publicidade em áudio precisa estar no radar, com uma certa urgência. A comunicação que conversa de forma intuitiva com o contexto do usuário é outra demanda crescente."

O que demonstra aquilo que sempre enfatizamos por aqui principalmente quando tratamos de valores de marca e também o cuidado com esse público cada vez mais exigente e resistente a propaganda.

Você pode conferir as tendências abaixo:





Anúncios em sites de notícias tem 80% mais chances de serem vistos do que em outros sites. Segundo o estudo da Wark. O que demonstra ainda mais a importância da customização da propaganda não só de público, mas também de acordo com o canal. Utilizando uma linguagem verbal e visual diversificada para impactar e envolver a experiência do público.




Na era TikTok a relação com os vídeos mudou, da forma de consumo até a produção os estudos revelaram que vídeos feitos pelo público são muito mais bem sucedidos em relação a todos os tipos de publicidade de vídeo no online.


Mas nem tudo está perdido na propaganda, isso mostra que vídeos curtos, com um super extra de criatividade, que sirvam a um propósito real e que sejam curtos prometem funcionar bem nesse novo cenário. Anotou aí?




"O futuro das redes sociais é a fala".

É o que sugere o estudo da WGSN e RTB House, mas diferente da era do rádio essa versão é bem mais hight tech e muito mais focada em comunidades.
Clubhouse e Cappuccino, espaços que focam na conversa entre comunidades, se somam ao 'Spaces', CatchUp e Audlist.


O importante aqui é observar que as comunidades de marca têm muita força e somadas às plataformas de voz, ganham um tom poderoso.

O que mais chama a atenção é que no mundo “pós pandemia” é que o foco dos conteúdos de marca em plataformas de áudio vêm para promover um sentimento de calma mais positiva. 

Segundo o estudo do “The Future of Audio” foram comparados resultados de propagandas com esse tom e mostrou que eles são 15% mais eficientes em converter compras do que os com tom "alta energia". 
Essa é uma informação importantíssima para que a propaganda alcance as necessidades mais atuais do consumidor.



Com o nascimento de novas plataformas, podemos também dar boas vindas às novas possibilidades dos anúncios participarem desse cotidiano. Um exemplo são as ações com a Siri da Apple, e os espaços nas Tvs conectadas e também consoles de videogames.
Proporcionar uma boa experiência em união a esse novo mundo é uma chance de impactar nesse universo superconectado.




Lidar com um público mais resistente à propaganda faz com que as marcas entendam que elas precisam oferecer entretenimento para o seu púbico. Nessa vertente a integração de anúncios de forma nativa focada em unir experiência de transmissão e compra integradas à aplicativos é uma saída das mais envolventes.




Conteúdo de propaganda, mas a trilha vai para o marketing #DUOMkt



Talvez você goste

0 comentários